Rua Emílio de Menezes, 905 | Bom Retiro | Curitiba | PR | Temos estacionamento próprio | [ Ver mapa ] | 41 3012-2800

Implante ocular

Modalidade de tratamento radioativo minimamente invasivo na rotina de poucos centros oncológicos do país, entre eles o Instituto Radion, em Curitiba.  É indicado para cânceres oculares como o melanoma, por exemplo, que são resistentes à quimioterapia e à radioterapia. Nesses casos é necessária a aplicação de grande dose de radiação para matar as células afetadas pelo tumor. Somente a braquiterapia (ou radioterapia interna), garante a aplicação de forma segura e precisa. O tratamento foca a radiação em pequena área, protegendo tecidos normais. Existem placas radioativas com Iodo e placas com Ruthênio, ambas podem ser utilizadas dependendo do tipo e do tamanho do tumor que vai ser tratado.

O implante radioativo, também chamado de placa de braquiterapia, é colocado na posição correta durante uma cirurgia. Ele é colocado por fora do olho na posição exata do tumor. Idealmente deve ser realizado ultrassom para confirmar a posição correta da placa, para que todo o tumor seja tratado. Dependendo do tipo de tumor e da espessura, calcula-se a duração do tratamento, que pode variar entre 1 e 5 dias, período em que o paciente permanece internado no hospital. O efeito da radiação ocorre depois de semanas a meses e o tumor é curado, deixando apenas uma cicatriz no olho. A braquiterapia é muito eficaz, controlando o tumor em cerca de 95% dos casos, evitando que seja necessário remover o olho.

Indicações da braquiterapia ocular
Melanomas de coróide (melanoma intra-ocular)
Melanoma de conjuntiva
Carcinomas invasivos da superficie ocular
Hemangiomas de coróide
Metástases de coróide
Tumores vaso-proliferativos
Retinoblastomas
Tumores de retina como hemangioblastomas (hemangioma capilar de retina)
Cada uma destas doenças é tratada com diferentes doses de radiação.

Deixe uma resposta